Pelo empoderamento feminino nas ciências: Ada Batista, Cientista

16:12


O que estamos acostumando nossas crianças a fazer, pensar, perguntar?

Ada Batista já era cientista mesmo antes de começar a falar! É uma história linda e inspiradora, pra fazer a criançada se divertir e ao mesmo tempo instigar, questionar, investigar, afinal curiosidade faz parte da alma de todo cientista! E toda criança já tem isso consigo, essa vontade inata de descobrir tudo o que existe ao seu redor!

E pequena Ada não falava uma palavra até os três anos. NADA. Ela observava tudo com muita atenção, e seus pais ficavam preocupados: quando nossa menininha vai começar a falar afinal?

Mas quando começou também, não parou mais! Eram as pergunta de todo cientista: POR QUÊ? O que? Quando? Como?? E pra tudo que acontecia, lá vinham os mesmos questionamentos. Os pais e o irmão tentavam de todas as formas ajudar a menininha e sua ávida imaginação e curiosidades, já que cada pergunta vinha acompanhada de outras três rsrs... Na escola, era aquela alegria em fazer novos experimentos, a turma vibrava! E a cada novo desafio, a menininha se animava em resolver os problemas e descobrir novidades sobre tudo ao seu redor...

Seus experimentos intermináveis certo dia desafiaram a harmonia familiar quando ela tentava descobrir de onde vinha um fedor... mas o pobre do gato não podia participar do experimento, não do jeito que ela planejou! Seus pais então quiseram por um fim na curiosidade da filha, e colocaram-na na detestável “cadeira do pensamento”... ADOREI a saída de Ada Batista para essa cadeirinha inútil que não serve pra outra coisa além de deixar a criança com mais raiva ainda (e nunquinha pensar “no que foi feito”, como espera quem acha que essa cadeira funciona)... Ahhh Ada, vc é mais esperta ainda!!! A sua esperteza científica, imaginação e curiosidade acharam uma solução pra isso!

Que essa história linda inspire muitas Adas a seguir o caminho da ciência!! O nome da personagem, Ada Maria, foi inspirado em Ada Lovelace e Marie Curie, duas cientistas incríveis que deixaram um grande legado à humanidade.

Esse livro faz parte de uma coleção maravilhosa lançada pela Intrínseca no ano passado, e que propõe que as crianças pensem nas profissões de uma forma divertida e inteligente. Ainda vou mostrar os outros livros pra vocês aqui, esse primeiro acertou em cheio no coração!

Sobre o empoderamento e engajamento das meninas nas ciências: a USP tem projetos incríveis direcionados às meninas dos últimos anos do ensino fundamental e médio, pra incentivá-las a seguir carreiras científicas! Representação feminina nas ciências: queremos! E pra isso a universidade conta com vários projetos de inclusão e apresentação das carreiras científicas direcionadas a esse público que ainda está na escola. Antes os cursos eram desenvolvidos apenas no campus da USP em SP, mas com a quarentena, chegou o projeto ASTROMINAS, que terá inscrições e execução on-line devido à pandemia! Aproveita que as inscrições terminam dia 20/05/2020!! 

Você pode conferir uma matéria sobre o projeto neste link

E para conhecer o perfil das AstroMinas no Instagram, basta clicar aqui.

Na galeria abaixo você confere um pouquinho do livro, espera aparecer a seta para a direita para deslizar e ver as páginas:
Ada Batista




Você pode saber mais sobre o livro diretamente no site da Editora Intrínseca nesse link (clica aqui).


Um abraço e até o próximo post

Jaqueline

Ficha Técnica:
“Ada Batista, cientista”*
Autora: Andrea Beaty
Ilustrador: David Roberts
Editora: Intrínseca
32 páginas, indicado a partir de 4 anos**
Fonte das imagens: ilustrações do livro fotografadas pela autora do blog

* O livro foi adquirido pela autora do blog através de cortesia da editora. Em todo caso, a autora reserva-se ao direito de resenhar apenas as obras que tenha realmente gostado, de forma independente e isenta, e a apresentar sua opinião pessoal sobre as mesmas a partir das experiências de leitura obtidas =).
** A indicação de faixa etária é apenas uma sugestão do blog, o que vai variar conforme a exposição da criança às mais variadas leituras, a forma como a mediação da leitura é conduzida, entre outros tópicos que podem auxiliar na melhor interpretação/compreensão dos livros.


TALVEZ VOCÊ TAMBÉM GOSTE

0 comentários

Siga nosso Instagram

Instagram